Deputado Wellington propõe ação judicial em razão de suposto desvio de recursos e superfaturamento na Beira Rio em Imperatriz

O deputado estadual Wellington do Curso ofereceu representação ao Ministério Público a fim de que seja ajuizada ação judicial em decorrência do suposto desvio de recursos e superfaturamento nas obras da Beira Rio, em Imperatriz. A denúncia já foi objeto de ofício encaminhado pelo parlamentar à Secretaria de Estado de Infraestrutura no Maranhão (SINFRA), que se negou a conceder quaisquer informações.

A omissão da SINFRA fere princípios da Administração Pública como a publicidade e toda essa negativa em oferecer informações simples como dados referentes aos contratos e licitações aponta para indícios de desvio de recursos.

“O Governo gastou mais dinheiro do que o previsto e inaugurou uma obra muito inferior do que foi prometido. Além disso, demoraram mais de 01 ano para concluir. Não se pode fazer de qualquer jeito. Não se pode fazer só por fazer e entregar sem responsabilidade. Flávio Dino entregou uma obra quase 3 vezes mais cara, com 1 ano de atraso e que causou muita reclamação em virtude da baixa qualidade da obra entregue. A publicidade é um princípio e foi violado. Há fortes indícios de desvio de recursos e de superfaturamento. Tais fatos devem ser investigados”, disse Wellington.

De acordo com o ofício encaminhado em dezembro de 2017, solicitava-se informação contendo as cópias dos contratos de reforma (revitalização) da Beira Rio em Imperatriz, o processo administrativo vinculado ao citado contrato, bem como o devido processo licitatório referente à reforma da obra em questão, além de planilha de custo da obra e origem especificada dos recursos utilizados, bem como cópias de todas as notas fiscais.

Vídeo

Comentários

Contato

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2019Deputado Estadual Wellington do Curso

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?