Deputado Wellington recebe comissão de acadêmicos para discutir vagas ociosas de Medicina na UFMA

Na manhã desta quinta-feira (16), o deputado estadual Wellington do Curso recebeu uma comissão de acadêmicos para discutir sobre as vagas ociosas no curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão. A demanda da Comissão foi fortalecida após nota emitida pela UFMA informando o não oferecimento de vagas para os cursos de Medicina por meio do processo de vagas ociosas, regido pelo edital 167/2018 PROEN, publicado em 25 de julho deste ano.

Ao relatarem os fatos, os estudantes alegaram a falta de transparência da Universidade Federal ao, simplesmente, afirmar que “não há vagas”.

“Eles dizem que não há vagas, embora todos saibamos que há sim um número de evasão de alunos. Principalmente, daqueles acadêmicos que vieram de um outro estado e, agora, pedem a transferência. Alegar e dizer que não há vagas é muito simples. Por que eles não divulgam isso? Não estamos pedindo uma vaga. Estamos requerendo, tão somente, a oportunidade de participar do processo que nos permitiria ingressar na Universidade”, disse Vivian Pinheiro.

Sobre a situação, o deputado Wellington reconheceu que a problemática envolve a competência federal e colocou-se à disposição para intermediar esse debate.

“Sabemos que a demanda é de competência federal. Como professor, no entanto, não poderia deixar o grupo de estudantes e é por isso que estou à disposição. Nossa função aqui é intermediar essa discussão, a fim de que encontremos uma solução que pondere os interesses dos estudantes e do corpo acadêmico. Com isso, certamente quem ganhará é o povo do Maranhão, com os nossos futuros médicos e médicas”, disse Wellington.

Comentários

Contato

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2021Deputado Estadual Wellington do Curso

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?