“Só na propaganda de Flávio Dino pra gasolina ser algo barato” diz deputado Wellington ao cobrar redução de ICMS

O deputado estadual Wellington do Curso voltou a solicitar do Governador Flávio Dino medidas coerentes que garantam a redução do ICMS, imposto que incide sobre combustível, no Maranhão. Ao justificar a solicitação, Wellington destacou que a propaganda do Governo tem disseminado uma ideia diferente do real, já que ignora diversos fatores sociais, a exemplo da pobreza que, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) -, aumentou na capital maranhense, São Luís, em 48% e segue crescendo nos interiores do estado.

Os dados corroboram outro levantamento, do IBGE, divulgado no fim do ano passado: segundo o instituto, nos dois primeiros anos de gestão, os comunistas mandaram de volta à pobreza mais de 300 mil maranhensesdo, sem falar no desemprego, que aumentou no Maranhão em 2017, batendo o recorde no número de desemprego no estado, desde 2012.

“Só na propaganda de Flávio Dino pra gasolina ser algo barato. Os impostos que incidem sobre o preço dos combustíveis são federais e estaduais, algo que traz para o Governador uma responsabilidade. A população espera medidas ativas e não apenas propagandas. o governador, pode reduzir a alíquota do ICMS. Isso é possível. E ele sabe disso, por que já fez uma vez para beneficiar aliados, reduzindo em 2016 a alíquota no ICMS do diesel de 17% para 2% ”, afirmou o deputado Wellington.

De acordo com dados da Fecombustíveis – MA, atualmente, no Maranhão, R$ 1,09 do preço da gasolina é devido ao ICMS, imposto estadual, que corresponde a 26% do valor final na bomba (posto de combustível); no diesel, o valor destinado ao estado é de R$ 0, 601; e, ainda, de R$ 0,905 no preço do etanol.

Comentários

Contato

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2018Deputado Estadual Wellington do Curso

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?