Wellington do Curso discute a geração de emprego e situação do comércio irregular em São Luís

Na tarde desta quinta-feira (08), o deputado estadual Wellington do Curso esteve em audiência para discutir sobre a geração de emprego e renda, bem como a situação do comércio informal municipal. A audiência foi presidida pelo vereador Ricardo Diniz, autor do requerimento e abordou pontos como a necessidade de se regularizar a situação dos trabalhadores informais, sobretudo, os que exercem suas atividades na região central de São Luís, a exemplo da Deodoro.

Na ocasião, vários trabalhadores lamentaram a postura da Prefeitura de São Luís e afirmaram se sentir prejudicados com a postura municipal.

“Eu tenho 32 anos de comércio informal. Sou vendedor há anos na Deodoro e, agora, me deparo com isso. A pobreza está crescendo e está atingindo a gente. A gente faz parte dessa pobreza e o que vocês estão tentando fazer é esconder essa realidade”, desabafou um dos vendedores.

Ao ouvir os relatos, o deputado Wellington do Curso afirmou ser essencial ter ações efetivas para garantir que as pessoas não percam seus postos de emprego e alinhar isso com a regularização da situação atual.

“É uma situação que exige uma postura firme e cautelosa por parte da Prefeitura de São Luís. São homens e mulheres que, há anos, ganham o pão de cada dia ali, nas ruas da Deodoro, por exemplo. Em meio a tanto desemprego, o Município não pode, e nem deve, impedir o funcionamento dos postos de emprego. No entanto, é necessário sim que se discuta a regularização desse mercado informal. Por isso, aqui estamos para discutir e encaminhar possíveis soluções ao caso”, disse o deputado Wellington.

A audiência também contou com a presença de Francisco Neto, presidente do Sindbares; Fábio Ribeiro, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL); Felipe Mussalém, presidente da Associação Comercial do Maranhão (ACM); Max de Medeiros, superintendente da Federação do Comércio do Estado do Maranhão (FECOMERCIO); Carlos Cunha dos Santos, presidente da associação dos vendedores ambulantes e comércio informal de São Luís; Nacor Paulo, promotor de justiça e coordenador do CAOP Consumidor; e Benito da Silva, defensor público do Estado do Maranhão.

Comentários

Contato

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2019Deputado Estadual Wellington do Curso

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?